DIÁRIO DE BORDO

Talita, do vôlei de praia, joga com a Caravana na etapa de Boiçucanga

De Aquidauana-MS, Talita Antunes participa da Caravana do Esporte dez anos depois de passagem do projeto por sua cidade.

De Aquidauana-MS, Talita Antunes participa da Caravana do Esporte dez anos depois de passagem do projeto por sua cidade.

A primeira vez que a jogadora de vôlei de praia Talita Antunes ouviu falar da Caravana do Esporte já faz mais de dez anos. Ela havia deixado a cidade natal também há mais de uma década quando o projeto passou por Aquidauana, no Mato Grosso do Sul. Foi na cidade do Centro-Oeste do país que ela começou sua trajetória no esporte, porém foi a proximidade com o litoral que a fez se encantar com a modalidade que segue até hoje. Talita é a convidada da Caravana do Esporte para a etapa de Boiçuganga em São Sebastião e fará parte do projeto que tanto ouviu falar após ação na sua cidade, em 2007.

 

“Na época eu não morava mais em Aquidauana, mas quando a Caravana passou eu soube. O pessoal comentou e cidade ficou muito feliz. Sempre quando eu vou para lá, as pessoas falam comigo, acompanham, então eu fiquei feliz da Caravana ter passado por lá”, contou a atleta.

 

Talita praticava vôlei de quadra, influenciada por um tio e um primo que gostavam da modalidade, na cidade sul-matogrossense. Quando viajou para Alagoas em função do esporte descobriu a nova vertente da sua modalidade que a faria se tornar uma atleta olímpica e campeã mundial. O vôlei de praia fez com que se afastasse de Aquidauana, porém ela não esquece do município por onde passa e mantém vivo o carinho pela cidade. “Eu acho que isso é muito importante, eu tento sempre ir para lá, eu tento levar o nome da minha cidade nos lugares, eu tento ir no colégio que eu estudei na vida inteira”, afirmou.

Talita forma dupla com experiente Larissa. | Foto: CBV.

Talita forma dupla com experiente Larissa. | Foto: CBV.

 

Os retornos a cidade, assim como a participação na Caravana do Esporte, partem do entendimento de que o profissionalismo é apenas um estágio do esporte, tão importante para a educação e nos níveis mais amadores.

 

“O esporte junto com a educação é muito importante você consegue ajudar na formação de uma criança, de uma pessoa. Muitas vezes a gente fala do esporte e pensa no alto rendimento e esquece que o esporte não é só alto rendimento, ele tem o lazer, o lado de ensinar as pessoas, de superar limites e saber o limite do próximo, a respeitar o limite do próximo, ajudar o próximo. Porque você não quer e não consegue vencer sozinho”, explica Talita, que hoje faz dupla com a experiente Larissa no vôlei de praia.

 

A agenda apinhada impediu a participação de Talita em etapas anteriores, para as quais foi convidada, porém, em São Sebastião ela fará sua estreia como convidada. A ansiedade também já aparece no discurso da atleta. “Estou muito feliz em poder participar do projeto. Já tinhas um tempo mais eu nunca conseguia com essa correria, nossos torneios, do nosso calendário. Mas eu estou muito feliz, eu acho muito bacana você poder levar para o Brasil inteiro o esporte, colocar as crianças em contato com os atletas que eles assistem na televisão”, disse.

 

A Caravana do Esporte em Boiçucanga está marcada para os dias 6, 7 e 8 de dezembro e encerra o calendário anual do projeto, em sua nona etapa de 2017.

 

ESPN

Comentários